Por que o poder deve estar nas comunidades e não em Brasília?
Por que o poder deve estar nas comunidades e não em Brasília?

Precisamos devolver o poder de decisão às comunidades, diminuindo a influência do Governo Federal sobre nossas vidas.

Onde a liberdade individual é realmente respeitada, as pessoas tem o direito a pensar de forma distinta sobre valores, religião, direitos e deveres.

Um defende o porte de arma. Outro, é favorável ao casamento homo afetivo. Um terceiro, é veementemente contra a pena de morte.

No Brasil atual, tentam nos transformar em uma massa homogênea. Nossa forma de viver e cuidar de nossas famílias, de educar nossos filhos e proteger-nos passou a ser determinada em Brasília, nos gabinetes de burocratas.

E se cada cidade e, mais ainda, cada distrito pudesse determinar suas próprias leis? Se as pessoas pudessem escolher viver em comunidades onde sabem que seus valores serão melhor aceitos?

Isso já acontece nos Estados Unidos, onde o Governo Federal legisla apenas sobre questões macro, deixando aos Estados e distritos o poder de legislar sobre a vida em comunidade. Um Estado aceita a pena de morte e o porte de armas. O outro não. Alguns aderiram ao casamento e adoção homo afetivas, outros levaram muito mais tempo.

Nós não somos homogêneos. A igualdade imposta pelo Estado nos aprisiona a valores e leis que não condizem com a forma como queremos educar nossos filhos. A diversidade é que garante a liberdade.

Precisamos pressionar para que haja uma descentralização das leis, para que Estados e Municípios possam legislar de acordo com o que suas comunidades possuem como afinidades de valores e pensamentos.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here