Perguntas frequentes

DESCENDÊNCIA DA FAMÍLIA IMPERIAL BRASILEIRA

De qual ramo da família Luiz faz parte?

Luiz Philippe faz parte do ramo de Vassouras.

Luiz Philippe está na linha de sucessão?

Não, não está diretamente na linha sucessória.

Luiz Philippe é monarquista?

Tendo nascido e sido criado entre monarquistas, Luiz logicamente reconhece as virtudes do sistema e vê que poderia ser uma das alternativas a serem consideradas para o Brasil. No momento, Luiz tem uma bandeira que transcende a escolha do regime em si. Ele se preocupa com a revisão Constitucional do Brasil. Busca uma Constituição libertadora, reduzindo o tamanho e o controle do Estado, incentivadora das ideias empreendedores e que devolva aos estados e municípios o controle sobre suas necessidades.

LAUDÊMIO

Luiz recebe Laudêmio?

Não, o ramo da família ao qual Luiz faz parte não recebe laudêmio.

Todos os descendentes da família real brasileira recebem o laudêmio?

Não. Apenas o ramo de Petrópolis recebe laudêmio. O ramo de Vassouras, da qual Luiz Philippe pertence, não o recebe.

Mas afinal o que é o Laudêmio que a família Imperial de Petrópolis recebe?

O laudêmio é pago toda vez que um imóvel é vendido na região central de Petrópolis. Por que então não é imposto? Porque o imóvel nunca foi comprado do proprietário original: no caso Pedro II. Isso significa que suas terras foram ocupadas e ele não desapropriou quem as ocupou. Ao contrário, deu titularidade e optou pelo sistema de laudêmio. Nesse sistema o proprietário recebe a titularidade, beneficia o terreno e em caso de venda do imóvel repassa um percentual a família de Petrópolis herdeira do terreno original. O laudêmio NÃO é um imposto, mas sim uma espécie de aluguel diferido, pago somente em caso uma transação.

Apenas a família real brasileira recebe laudêmio?

Não. Erroneamente associa-se o pagamento de laudêmio apenas aos descendentes da família real. Atualmente, sob o mesmo princípio, moradores de diversas localidades do Brasil têm de pagar a taxa à União, à Marinha ou mesmo à Igreja Católica. Mas os sistemas de laudêmio desses outros recipientes é diferente do sistema de Petrópolis. Cada um tem sua estrutura de pagamento.

Como é utilizado o laudêmio pago à família real de Petrópolis?

Boa parte do laudêmio pago ao ramo de Petrópolis é utilizado na conservação de prédios históricos e públicos de Petrópolis, como o Palácio Imperial, que a família imperial faz questão de manter em benefício do povo brasileiro.

Por que o laudêmio é cobrado até hoje?

Porque as terras nunca foram efetivamente compradas pelos seus ocupantes e pagas à família imperial.

Não seria correto o término do pagamento?

Depende. Os vereadores de Petrópolis já propuseram de acabar com o laudêmio mas teriam que comprar as terras centrais de Petrópolis e forçar uma desapropriação. Nesse caso estariam violando o direito a propriedade.

É interessante expandir o sistema de laudêmio?

Imagine as terras invadidas das prefeituras Brasil afora que hoje são favelas. Imagine que todos esses habitantes favelados receberiam titularidade do terreno em que vivem ao invés de correrem o risco de serem desapropriados a qualquer momento. Pois é. O sistema de laudêmio daria essa flexibilidade a prefeitura de resolver um problema social grave e milhares de famílias sem teto e saberiam defender sua propriedade. Há muita desinformação sobre muita coisa boa do Brasil. O laudêmio é apenas uma dessas coisas.

VIDA PROFISSIONAL

Luiz Philippe trabalha?

Sim, é um médio empreendedor no ramo de moto-peças. Anteriormente, atuou nos EUA como executivo de grandes empresas do mercado financeiro. Também foi um dos principais responsáveis pela AOL no Brasil;

Qual sua profissão?

Luiz Philippe é formado em Administração de Empresas e em Ciências Políticas.

Ele tem alguma remuneração ligada à família imperial?

Não, nenhuma. Vide item 2 sobre laudêmio

ATUAÇÃO COMO ATIVISTA POLÍTICO

Só agora Luiz interessou-se por política brasileira?

 

Não, sempre esteve ligado à situação política e econômica brasileira. Porém, de 2014 para cá intensificou e estruturou sua participação como parte da sociedade civil organizada, tendo sido de vital importância nos episódios de preparação do impeachment.

 

O que é o Movimento Liberal Acorda Brasil?

 

O MLAB é um movimento politico apartidário, fundado e gerido por ativistas voluntários. Seu foco é a disseminação do conservadorismo-liberal, através da proposição de projetos de lei que corrijam a trajetória totalitária atualmente em prática no Brasil. O MLAB também age como instrumento da sociedade na pressão às Instituições e como uma alternativa à mídia tradicional, que muitas vezes manipula as informações.

 

Sendo da família imperial, não é estranho fundar um movimento liberal?

Não há conflito algum. As bandeiras do MLAB visam a implementação do liberalismo econômico fundamentado nos pilares do liberalismo, da reforma politica, do Estado enxuto, do federalismo e do fomento ao empreendedorismo. Tais pilares transcendem os regimes políticos. É uma resposta às ideologias de esquerda e aos governantes populistas e totalitários que dominaram nosso Governo nas últimas décadas.

O grupo político do qual é fundador é financiado por partidos ou empresas?

O MLAB (Mov. Liberal Acorda Brasil) não é financiado por nenhum partido ou fundação de origem política. É independente. Todas as suas ações são financiadas por seus próprios membros, através do sistema de crowdfunding.

IDÉIAS E PLATAFORMAS

Mas, se defende ideias Liberais, Luiz Philippe defende ideias como aborto e legalização de drogas?

Não confundir Liberalismo – no sentido econômico – com Libertário. Luiz Philippe não apoia essas questões. Defensor dos valores cristãos, entende que deve haver um respeito à vida sob todas as circunstâncias.

Luiz Philippe defende a revogação da Lei do Desarmamento?

Sim, porque acredita que todos devem ter o direito à própria defesa e a de suas famílias. Hoje o cidadão de bem é refém e o bandido, anda fortemente armado.

Quais são suas principais plataformas?

Vide a aba IDÉIAS QUE DEFENDO no site